Cobra-de-duas-cabeças

Cobra-de-duas-cabeças é o nome popular desta espécie de réptil ápode (sem patas) que possui a extremidade da cauda parecida com sua cabeça.
Também é chamada de Cobra-cega.
Esclareço aqui que esta espécie amarela é um réptil pois possui escamas; diferenciando-a da Cobra-cega ou Cecília (Gimnofiono) que é uma ordem de anfíbios, também ápodes, semelhantes a minhocas (possuem anéis pelo corpo em vez de escamas).

Aqui, temos uma Amphisbaena alba.
Seus olhos são cobertos por uma pele protetora.
Possui musculatura bem forte e crânio bem rígido.
É um réptil cavador, ou seja, cava seus próprios túneis e possui hábito fossorial, vivem enterradas no solo úmido e se alimentam de pequenos invertebrados encontrados no caminho.
São importantes para aeração do solo e escoamento da água.
Por isso, quando vir uma Cobra-cega, respeite-a que ela não fará mal algum!

Cobra-cega

Se forem incomodadas, levantam sua bcabeça e cauda ao mesmo tempo, confundindo o predador.
Não possuem veneno, mas sua mordida pode ser bastante forte.
*Lembrando que animais silvestres não devem ser manipulados!*

Cobra-cega

É raramente vista na superfície, tornando estas fotos de extrema importância para nós!

Cobra-cega

Cobra-cega
Amphisbaena alba

Cigarrinha

Auchenorrhyncha é uma subordem bastante colorida à qual pertencem as Cigarrinhas.

Escondem-se facilmente nos caules de plantas, das quais se alimentam da seiva.
Uma curiosidade, é quando estamos embaixo de uma árvore e dela parece “chover” gotículas de água.
Este é o excesso de seiva sendo eliminado pela Cigarrinha.

Cigarrinha

Aqui, um exemplar azulado.

Cigarrinha

Cigarrinha

Libélula

Libélula
Muito rápidas, as libélulas são belos insetos.

Segundo a Wikipédia: A libélula (do termo latino libellula), também conhecida como tira-olhos ou libelinha em Portugal e como lavadeira ou jacinta no Brasil, é um insecto alado pertencente à subordem Anisoptera.

No Brasil, existem cerca de 1 200 espécies de um total 5 000 existentes no mundo. É predadora de insetos, inclusive do Aedes aegypti, e até de pequenos peixes. Em um único dia, pode consumir outros insectos voadores até a marca de 14% do seu próprio pesoː pode consumir cerca de 600 deles num único período de 24 horas.