Paca, nova visitante do Meu Quintal!

Ontem nos programamos para fotografar a nova visitante noturna, até então uma Cotia.
Mas hoje descobrimos que se trata de uma paca.

Às 18h30 começamos os preparativos para filmagem com o celular, mas como a tecnologia nem sempre está a nosso favor, decidimos fotografar com o recurso que temos em mãos, uma câmera.

Colocamos água limpinha, quirera e banana picados, e a espera começou.

Gambá-de-orelha-preta

Os primeiros a chegarem, provavelmente um casal, foram as raposinhas ou gambá-de-orelha-preta (Didelphis aurita). Esse gambá é um mamífero marsupial.

Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Bem escuro esse gambá, não sabemos se é a fêmea, pois é menor.

Gambá-de-orelha-preta

Os gambás fizeram muito barulho, emitem um som característico.
Mais tarde descobrimos que poderiam estar acasalando, pois deitaram no chão, no meio das bananeiras, esfregando a cabeça um na barriguinha do outro. E conversando, com sons diferentes.

Gambá-de-orelha-preta  Gambá-de-orelha-preta

Cheios de fome, comeram toda a banana!

Quando já eram 20h30, apareceu a tão esperada Paca.
Ela é muito arisca mas está se acostumando com nossa presença e luz suave. Mas esperou os gambás irem embora para comer a quirera tranquilamente.

Paca

Descobrimos que ela está ferida mas aparenta se recuperar bem.
Ela pode ter brigado ou em fase de acasalamento, vimos que o macho e a fêmea brigam durante o ritual.

Paca  Gambá-de-orelha-preta

Após essas três fotos, deixamos que ela comesse em paz e na escuridão.

Segundo a Wikipédia, a paca (Cuniculus paca) é uma espécie de roedor da família Cuniculidae. Anteriormente era denominada Agouti paca.
O termo “paca” se origina do nome tupi para o animal, paka, que também significa “vigilante, desperto, sempre atento”

É um animal de hábitos noturnos, de pelame duro e eriçado, apresentando variações de coloração. Suas cores variam do vermelho ao cinza-escuro, sempre com manchas brancas na lateral do corpo.

Sai para se alimentar somente quando a noite está bem escura, ou seja, nas noites em que a Lua não está muito clara, por motivos de segurança.

Aqui no Meu Quintal ela está se acostumando com a luz acesa e até nossa presença.

Acabou a comida, depois as raposinhas ainda fizeram mais barulho.

Paca

Um comentário sobre “Paca, nova visitante do Meu Quintal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *