Orquídea Silvestre – Catasetum cernuum

Numa tarde de passeio com nosso Gato Bit, esta Orquídea foi encontrada no chão.
Sem folhas. Pequenina. Quase sem vida.

Orquídea Silvestre

Colocamos junto à outra Orquídea nossa e regamos todos os dias.
Ela foi se unindo ao antigo xaxim e ganhando vida, crescendo as folhas, raízes e três hastes de flores.

Não sabemos sua espécie, mas ficamos muito felizes com as belíssimas flores, tão diferentes e que ficaram como uma lembrança para sempre de nosso Bichano, o Bit, que faleceu em 2014.

Todos os anos, de lá para cá, ela floresce e nos surpreende com seus cachos de flores lindas e pintadinhas.

Atualização 31/10/2016: Descobrimos o nome da espécie dela.
É uma Orquídea Catasetum cernuum.
Segundo a Wikipédia, “Tem a capacidade de reduzir seu metabolismo frente a qualquer ataque de pragas ou variações climáticas, chamado de dormência, no qual o Catasetum perde as folhas e reduz a absorção de água e nutrientes, permancendo latente até que as adversidades passem, brotando normalmente logo após. O gênero Catasetum é extremamente adaptável, mas requer umidade constante”.

Clique nas fotos abaixo para ampliar e boa admiração!

Orquídea Silvestre
Uma obra de arte.

Orquídea Silvestre
Muito bonito o conjunto.

Orquídea Silvestre
Ela fica debaixo da Quaresmeira.

Orquídea Silvestre
Suas folhas são curtas e largas.

Orquídea Silvestre
Aqui um mosquito “pega carona” na sessão de fotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *