Programa Terra da Gente Visita o Meu Quintal

A Equipe do Programa de TV, Terra da Gente, veio conhecer o Meu Quintal, em Águas de Lindóia SP.

Veja o vídeo do Meu Quintal no quadro Gente da Terra, do Programa Terra da Gente:

Na bela reportagem, Helen Sacconi conta como tudo começou, da iniciativa do Alberto em preservar a área de 700 metros quadrados e que hoje conseguiu alcançar 95% de mata nativa da Serra da Mantiqueira, com o mínimo de intervenção.

Link para o vídeo no G1 da linda matéria no Meu Quintal, do quadro Gente da Terra:

Blog Meu Quintal no Terra da Gente
https://goo.gl/1gRmkC

Equipe do Terra da Gente no Meu Quintal
Edivaldo Vieira, Lucy Harold, Helen Sacconi e Márcio de Campos.

Em uma manhã típica de Outono, chegaram a repórter Helen Sacconi, o Cinegrafista Márcio de Campos e o assistente Edivaldo Vieira em nosso quintal.

Encantados com nosso “paraíso particular”, cercado pela Serra da Mantiqueira, gravaram uma linda matéria que foi ao ar neste Sábado dia 25 de Junho, às 14h00 na EPTV Campinas, afiliada da Rede Globo.

Agradecemos à Valéria, equipe do Terra da Gente, os editores, todo o staff, à EPTV e ao Ciro e Daniela, que apresentam esse trabalho maravilhoso que é o programa Terra da Gente. Feito com tanto carinho e profissionalismo.
Assistimos à reportagem e ficamos emocionados!

Aqui está o link do G1 para a chamada do programa:
Meu Quintal no Terra da Gente
Quintal preserva natureza e é casa de vários animais em Águas de Lindoia

Equipe do Terra da Gente no Meu Quintal
Equipe do Terra da Gente chegando ao Meu Quintal

Equipe do Terra da Gente no Meu Quintal
Equipe do Terra da Gente no Meu Quintal, em Águas de Lindóia

Equipe do Terra da Gente no Meu Quintal
Alberto Gomes, criador do Blog e iniciativa, contente com a visita da Equipe do Terra da Gente

Sobre o Blog Meu Quintal
No começo do Blog nós não tínhamos a intenção de divulgar o local do Meu Quintal.
Não se sabe onde fica, é um paraíso que existe mesmo, mas é secreto, nosso paraíso particular.
Divulgamos somente as fotografias e agora vídeos também.
Com poucos recursos de equipamentos fotográficos, mas muitas espécies para fotografar, conseguimos registros únicos e raros que estão em nosso Blog.
Um Canal no YouTube também foi inaugurado, estamos começando e agradecemos sua visita (Link do Canal Meu Quintal Eco Br)
Agora surgiu esta oportunidade maravilhosa que a EPTV nos proporcionou, de mostrar ainda mais nossa iniciativa de preservação do Meu Quintal, para o Mundo todo!

Acompanhe nossas Redes Sociais:

Nossa Fanpage Facebook    Nosso Google Plus Google+    Nosso Instagram Instagram

Nosso Twitter Twitter    Nosso Canal no YouTube YouTube

Orquídea Silvestre – Catasetum cernuum

Numa tarde de passeio com nosso Gato Bit, esta Orquídea foi encontrada no chão.
Sem folhas. Pequenina. Quase sem vida.

Orquídea Silvestre

Colocamos junto à outra Orquídea nossa e regamos todos os dias.
Ela foi se unindo ao antigo xaxim e ganhando vida, crescendo as folhas, raízes e três hastes de flores.

Não sabemos sua espécie, mas ficamos muito felizes com as belíssimas flores, tão diferentes e que ficaram como uma lembrança para sempre de nosso Bichano, o Bit, que faleceu em 2014.

Todos os anos, de lá para cá, ela floresce e nos surpreende com seus cachos de flores lindas e pintadinhas.

Atualização 31/10/2016: Descobrimos o nome da espécie dela.
É uma Orquídea Catasetum cernuum.
Segundo a Wikipédia, “Tem a capacidade de reduzir seu metabolismo frente a qualquer ataque de pragas ou variações climáticas, chamado de dormência, no qual o Catasetum perde as folhas e reduz a absorção de água e nutrientes, permancendo latente até que as adversidades passem, brotando normalmente logo após. O gênero Catasetum é extremamente adaptável, mas requer umidade constante”.
Leia mais . . .

Simpáticos Jacuaçus


Desde Agosto um casal de Jacuaçus têm nos visitado diariamente.
Muito bonitos, com plumagem marrom escura e sombreado, tornando-as branco bem definidas, parecendo escamas.
As patas são acinzentadas.

Eu sei que ele é o macho, pois essas três penas em sua asa esquerda estão despenteadas faz tempo! E por seu tamanho e coloração meio grisalha das penas da cabeça.

Jacuaçu

Jacuaçu
Leia mais . . .

Sagui: visitante ilustre

Domingo, dia 3 de Fevereiro foi um dia e tanto!
Este pequeno primata se hospedou por dois dias no Meu Quintal!
Ouvi seu assobio, pensando que fosse um novo pássaro e sai no quintal para olhar. Olhei para as árvores, vi uma “cauda” diferente, meio fora do comum… não era um pássaro e sim um SAGUI!
Não cabia em mim de tanta emoção.

Sagui

Ele já estava indo embora, mas nos viu e veio saltando pelas árvores e chegou bem pertinho. Muito ágil!
Logo fui buscar uma banana para oferecer a ele. E é claro que ele gostou! Ele ainda “assobiou” mais algumas vezes, como se chamasse seu grupo. Olhamos por perto mas nem sinal de outro Sagui.

Sagui
Muito à vontade, chegou bem próximo!

Leia mais . . .

Mudas de Violeta

Violetas compradas podem muito bem gerar novas mudas.

Violeta

É só retirar uma folha de uma violeta adulta com um pedacinho do caule, de 1cm.
E então plantar num vasinho com terra e humus, enterrando todo o caule mais 1cm da folha.

Violeta

Após umas 8 semanas, é possível ver os brotinhos que nascem do caule da folha.

Violeta

DICAS
* É importante lembrar que as violetas gostam de bastante luz natural.
* Pode regá-las todos os dias, desde que não sobre água no pratinho.
* O ideal é que não tenham pratinhos para a terra não ficar encharcada!

Violeta
Violeta

Cogumelos Orelha-de-porco ou Orelha-de-Judas

Com o formato arredondado que lembra uma orelha, estes cogumelos são conhecidos por Orelha-de-Judas ou Orelha-de-porco.
Seu nome científico é Auricularia auricula-judae.
Há quem diga que são utilizados na culinária.
Nós preferimos não arriscar e só observamos!

Cogumelos Orelha-de-porco

*Cogumelos em sua grande maioria são tóxicos e perigosos.
Nunca tenha a intenção de comer qualquer cogumelo que encontrar em seu quintal!*

Bem-vindo ao nosso Blog!

O Blog Meu Quintal partiu de uma ideia simples, a de publicar o que existe, existiu e poderá existir dentro de uma área de apenas 700 metros quadrados.
A vontade de ter em um pequeno espaço um pouco daquilo que a natureza nos oferece.
A princípio a vontade era a mais simples, seguir os passos que nos foram ensinados de como fazer um Belo Jardim, ter um Pomar, cultivar um Canteiro de Flores, ter uma pequena Horta e tal.
De início até que entramos no clima, tudo arrumado, podado, uma graminha aqui e outra lá. Mas aos pouco a nossa interferência foi sendo deixada de lado, pois cuidar do espaço não é nada fácil, requer tempo e dedicação.
Como já dissemos, deixamos a Natureza tomar conta do nosso espaço, e aos poucos foram surgindo uma plantinha aqui, outra ali e fomos observando o que elas tinham a oferecer, pois, tenha certeza de que todas têm o seu papel e influência no Meio Ambiente.

Algumas espécies que surgiram têm como característica dominar o meio e sua força pode não deixar com que outras espécies progridam.
Sem muita habilidade e conhecimento interferimos e retiramos as mais dominantes, mas sem exterminar, só diminuir o seu domínio.
Vamos repetir várias vezes e com muita felicidade o surgimento de uma nova espécie e infelizmente o desaparecimento de outra.
Nem sempre colocar o dedo onde não se é chamado dá certo.
Mas algumas interferências podem ajudar, é como ganhar na loteria, e foi o que aconteceu! Havia uma planta que estava em um vaso havia tempo, e como neste espaço já existiam algumas espécies deixadas por nós, tive a idéia de plantar essa muda entre outras duas árvores conhecidas como Pereira.
Plantei a muda, um Ficus Elástica, nada natural para esse meio.
Passaram-se anos e ela cresceu imponente, e como não esperávamos, começou a produzir pequenas bolinhas esverdeadas, que depois amadureciam e ficavam vermelhas.
A nossa surpresa foi perceber que várias espécies de Pássaros começaram a se alimentar desses frutos.
Como já se sabe, os pássaros se alimentam e alí mesmo defecam, com isso foram semeando para nós novas espécies de plantas.
Agora vamos dar uma pausa, pois a história é longa e gratificante, e aos poucos faremos seus novos capítulos.
Cada capítulo irá mostrar que a Natureza, se deixada de lado (em PAZ), pode nos dar um sem número de Espécies de Plantas, Animais, Insetos e fenômenos, se nós não interferirmos.
A nossa intenção não é a de ensinar ou ser científico com relação as espécies de Plantas, Animais e Insetos que iremos mostrar, mas sim a de simplesmente mostar tudo que temos no Nosso Quintal.
Aos poucos descobriremos o nome de cada uma delas e com muita ajuda mostrar o que cada uma representa.
E, novamente, SEJA BEM-VINDO!!! 😀